Conhecendo melhor a sua CPU

Poderosas, velozes e capazes de aguentar várias tarefas simultâneas. Mas o que exatamente faz um CPU?

Entre os componentes de um computador, podemos considerar a CPU como o mais importante deles.

Em primeiro lugar é bom saber que CPU significa Central Processing Unit - ou Central de Processamento.

Alguns chamam de CPU a caixa inteira do PC, o que não está errado mas é pouco impreciso. A caixa é o gabinete e a CPU pode ser chamada de Processador.

Todos os programas e as tarefas que você executa em um computador geram números; esses números são enviados ao processador para que calcule o resultado e dê uma resposta adequada.

Esses cálculos são feitos feitos na Frequência da CPU (chamada de Clock), que é medida em GHz. Quanto maior for a frequência, melhor séra o processador - entretanto, observar a quantidade de Memória Cache também é importante.

Ao clicar no botão Play do Media Player, por exemplo, a CPU recebe essa ordem, calcula que deve começar a executar o filme, então, devolve o resultado em forma de imagem.

O termo cálculo é usado porque uma CPU trabalha com código binário - 1 ou 0. É assim que ela intende e também produz informação, mas claro que nós recebemos a versão final (imagens, movimentos, filmes, jogos, etc).

Entretanto, sem informação uma CPU não tem com que trabalhar. Por isso que ela depende dos arquivos e programas armazenados no Disco Rígido (HD), além de outros componentes da placa-mãe.

Assim, mesmo sendo o cérebro e o centro nervoso das operações em um computador, a CPU utiliza os recursos de outros itens para realizar as tarefas.

CPU é tudo igual?

Os processadores mais comuns são aqueles de 32bits com extensões 64bits. Mas existe algumas CPUs 64-bits nativas, o que ainda é desnecessário pois poucos programas tiram vantagem dessa arquitetura.

Dentre as CPUs de 32-bits, os principais fabricantes são a Intel e a ADM. Ambos já tem produtos 'multi-cores', que contém mais de um núcleo de processamento na mesma CPU.

Com elas, a performance dos PC ganha muito em agilidade e paralelismo - executar mais tarefas ao mesmo tempo. Além disso, o consumo de energia e a dissipação de calor são mais eficientes.

Atualmente existem processadores Quad-Core (4 'cérebos' juntos), mas o futuro já aponta na direção de processadores com vários núcleos.

LEMBRETE: Verifique sempre o modelo de CPU suportado pela placa-mãe. Cada tipo de processador exige um soquete (slot para encaixe) específico.

Processadores e Jogos

Nos jogos a CPU tem um papel muito importante no cálculo de vários elementos do mundo virtual.

Mesmo a placa de vídeo sendo essencial e mais associada a esse tipo de aplicação, processador ajuda (e muito) a criar efeitos realistas.

O uso mais comum da CPU em um jogo é para a inteligência Artificial, responsável por fazer personagens controlados pelo computador agirem de forma inteligente e plausível. Já efeitos de física,  colisão de objetos e simulação de vento também dependem do poder do processador.

Por fim, a imagem e o som do jogo, bem como os comandos executados pelo jogador e as informações do jogo instalado, sempre passam pela CPU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário